Quarta-feira, 25 de Julho de 2007

Chiune Sugihara

No recente périplo europeu, o imperador japonês, Akihito deslocou-se à Lituânia onde depositou uma coroa de flores no monumento à memória do «Justo» Chiune Sugihara. Durante a Segunda Guerra Mundial, e apesar das ordens contrárias de Tóquio, este diplomata nipónico concedeu vistos a milhares de judeus polacos, lituanos e alemães que fugiam dos nazis.

Foto: Yukiko e Chiune Sugihara, no consulado de Kaunas, circa 1939 - 1940. (Cortesia de Visas for Life Foundation — Sugihara Collection)
Tags: ,
publicado por MJ às 21:14
link do post | comentar

Coordenação

MJ
Lisboa, Portugal

Perfil Completo

Contacto

europae65@gmail.com

Links

Tags

todas as tags

Posts Recentes

A Vida dos Livros por Gui...

Os Justos das Nações

Para Saul Friedländer, o ...

Enciclopédia do Holocaust...

Diabólica alquimia totali...

I conferência sobre o Hol...

Friedländer homenageado n...

A Vanguarda do Horror

«Shoah» de Claude Lanzman...

Uma obra dedicada à juven...

A banalização do Mal ou q...

Aristides de Sousa Mendes...

Ensinar o Holocausto aos ...

Somos todos Judeus

Os «Protocolos dos Sábios...

Charlotte Salomon

Um oficial do Exército al...

Holocausto: uma obsessão ...

"Memória do Holocausto". ...

Yad Vashem distinguido na...

Arquivo do Blog

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

blogs SAPO

Subscrever feeds